Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Battlefield 3: Close Quarters
DLC entrega mapas para combate desenfreado e destruição HD
04/07/12 às 19:58 - Por Vinícios Duarte
PC Xbox 360 Playstation 3
Notícias
Prévia



Se Battlefield 3 já é demais e o primeiro DLC Back to Karkand deixou a coisa ainda melhor, imagine com os próximos DLCs. Close Quarters, o segundo de cinco DLCs prometidos pela Electronic Arts, adiciona dois modos de jogo, quatro mapas, 10 armas e destruição em alta definição. Disponível para PC e consoles, o novo DLC é uma boa pedida para aqueles jogadores que preferem uma partida mais rápida, descompromissada e sem veículos.

Pensando em trazer novos jogadores para a comunidade, a DICE produziu este DLC para abrir espaço para os jogadores novatos ou acostumados com franquias menos estratégicas, como Call of Duty. Como o próprio nome sugere, Close Quarters oferece mapas menores para incentivar o combate desenfreado.

Pequenos novos mapas e destruição HD

Operation 925 é um prédio comercial com três andares e um estacionamento no subsolo. É um mapa diferente do tradicional, sendo que cada andar possui sua própria zona de combate, apenas com alguns vãos para atirar de um andar para o outro.

Ziba Tower é o menor mapa de toda a franquia Battlefield. A guerra rola no terraço de um prédio, com quintal, vários cômodos e escadas. Neste mapa é impossível ficar parado ou se protegendo por muito tempo, e dá até mesmo para cair do prédio. Diria que é um mapa semelhante ao "Nuketown", de Call of Duty: Black Ops.



Donya Fortress é um antigo forte em ruínas, utilizado pelos militares para treinamento e armazenamento de armas. Também possui 3 andares, com espaços amplos para combate e uma área subterrânea pouco iluminada.

Scrapmetal é considerado pela comunidade o melhor e mais bonito mapa de Close Quarters. Uma fábrica abandonada formada por muitas áreas diferentes, abertas e fechadas, interligadas por escadas e pontes. Este mapa permite um pouco mais de estratégia, especialmente se jogado no modo Conquest Domination.

Todos os mapas são designados para 16 jogadores (8x8), mas é permitido aumentar este número via servidor para 32 ou 64 jogadores (na versão de PC). Um exagero para muitos, mas que não deixa de divertir. Agora o que faz a guerra ficar ainda mais impactante são os efeitos de destruição promovidos pela atualização da engine Frostbite 2. É possível explodir muitas coisas, mas nada que mude muito a estrutura dos mapas.

Os modos Conquest Domination e Gun Master

Conquest Domination é parecido com o modo Conquest de Battlefield 3, mas adaptado para mapa menores. Os jogadores nascem em pontos aleatórios do mapa ou na posição de outro jogador. O objetivo é dominar determinadas áreas do mapa para obter pontos e reduzir o ticket do time adversário até zero.

Já o Gun Master é baseado no mod "Gun Game" de Counter-Strike. Neste modo não há classes para escolher, muito menos granadas e acessórios. Cada jogador começa com uma barra de progresso que vai do level 1 a 17. A cada dois kills o jogador sobe 1 level, mudando de arma a cada level. Se o jogador é morto por vingança, ele é rebaixado 1 level. O primeiro que atingir o level 17 recebe uma faca especial e, ao matar com ela, ganha a partida.



Quanto às novas armas, são duas para cada classe e outras duas armas disponíveis para todas as classes. Elas são liberadas ao completar as "assignments", objetivos como reviver 10 vezes os colegas de time e matar 30 inimigos com uma determinada arma. De acessório foi incluído a munição 40mm LVG, que pode ser usado com as armas M320 e GP30 para lançar granadas com tempo (3 segundos). O impacto e dano é semelhante ao da granada de mão, mas pode ser lançado mais longe. O DLC trás também cinco novas dogtags exclusivas.

No geral, Close Quarters é recomendado para os jogadores que desejavam em Battlefield 3 partidas mais casuais e rápidas, sem mapas gigantes, missões e veículos. Os novos modos e mapas vieram para suprir essa demanda, e pode sim agradar os veteranos. Sobre o Battlefield 3 Premium, o investimento com certeza vale a pena. É só fazer as contas: comprando os DLCs avulsamente, você estará pagando R$ 29,90 em cada um. Com o Premium você paga R$ 99,90 nos cinco DLCs, economiza uns R$ 50 e ainda ganha acesso às exclusividades da Battlelog. E acredite, são coisas que valem a pena: uma faca ACB-90, novas camuflagens, XP em dobro todo mês, opção de zerar suas estatísticas, fila preferencial nos servidores, guias de estratégia, e mais.

Battlefield 3: Close Quarters

Avaliado no: PC
Disponível também para: Xbox 360 Playstation 3

8.5

Ótimo

Lançamento: 12/06/12

Produtora: DICE

Distribuidora: EA

Jogadores: 1 a 64

Gênero: Guerra, Tiro


Site oficial do jogo

DO QUE GOSTAMOS

A destruição HD impressiona
Gun Master é extremamente viciante
Os mapas são perfeitos para o Close Quarters

DO QUE NÃO GOSTAMOS

Quem gosta de veículos e mapas grandes vai odiar este DLC
Autor da análise
Vinícios Duarte
Roqueiro e doido por games desde pequeno, trabalha como designer do Portal PlayTV e escreve matérias sempre que sobra um tempinho. Nos games, curte um pouco de tudo mas prefere os gêneros de ação e RPG. Também não perde um bom filme e acompanha o máximo de séries possíveis. Agora quando o assunto é rock, cospe conhecimento sobre os mais variados estilos e tenta acompanhar os principais shows no Brasil.